musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - MARGINAL - CACIFE CLANDESTINO - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Marginal letra


Fumando erva enquanto eu conto essa grana
Cada nota dessa é um verme na trama
Muito dinheiro sujo diamantes na lama
Droga pura ferve na panela em chamas

No processo eu acerto, errado do jeito certo
Vários que foi sem sucesso
Nessa vida eu penso e peço
Cigarro café expresso, é tenso
Enquanto eu espero, a morte maquinada com duas 380

Se a policia passa aqui é chuva de bala
Os verme tão na escuta e as armas na sala
Os pente adaptado e o dinheiro na mala
Já vi esse filme e cadeia ou a vala

Puxa nota olho brilha
Vários caso de família
Quero juntar uns troco
Pra poder sumir nas ilha
O mercado aqui faz fila
Sobrevivo na guerrilha
Dilatando sua pupila
Enriquece a quadrilha

Pega a balança pesa as grama e conta os lucro
Entre a vida e a morte oque ce leva disso tudo
Entre a peça e a reza o futuro eu estudo,quantos que se foram e ate hoje eu não mudo?

Quero lança som igual chuva em diluvio
Mas to com a desert na sala do estúdio
Varios moleque bom preparado pro susto
Sempre fui dessas rua e dos problema não fujo

Não quero esse caminho
Caixão flores de espinho
O inimigo brinda
Com charuto ouro e vinho
Não posso deixa brecha
A bala acerta eu to sozinho
Na caçamba de um carro
Enterro, terno de linho

Mais uma noite vem eles pedem a propina
Se depender de mim eles nem passa da esquina
Armado para a luta eu sei que Deus ilumina
Mas toda essa guerra e o governo que patrocina

Camuflado na selva
Enquanto a seda eu tempero
As meta anoto enumero
Mente abaixo do zero
Julgamento severo
Foi a opção que me deram
A morte maquinada com duas 380

Cacife Clandestino - Letras

©2003 - 2018 - musicas.mus.br