musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - JOGADORES - CACIFE CLANDESTINO - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Jogadores letra


Ei, ei Medellin, Medellin, W

Os pano tão no kit, vida gira como flip
Ela pede que eu fique, vivo e sigo sem limite
Cidade no apetite, só evite as armadilhas
Filme passa sem script, cena triste nessa trilha
Rap toca, segue o hino, esquinas são casino
Ouvido quebra, cerol fino, a granada tá sem pino
Nessas trevas escuto sino, minhas ideias eu refino
Os papéis, onde é que assino?
O meu cacife é clandestino
Eu falei que a vida é uma, não me apressa
Nada se arruma se vem com essa conversa
Nessa estrada estreita reduz ou acelera
Se a derrota é aceita o tempo não te espera
Cansado do descaso, salário, atraso
Estado falido, corrompido, cérebros de mercenários
Sem horário vago, sua data a curto prazo
Eu sou visto como um vírus, raciocínio incendiário
Foco na missão, jogadores vêm e vão
Se eu tô no campo, vou fazer a diferença
Aqui é lei do cão, balas amortecem o chão
É muito mais difícil que cê pensa

Derrubo meus rivais, pé na porta e até mais
A sua mente é o maior inimigo
Tem fome, corre atrás
É patrão ou capataz
Pra levantar do tombo atitude é preciso

Mais um dia na ladeira, sigo almejando o topo
Não há caminho sem barreira ou vitória sem sufoco
Olha os furos na parede, é resultado desse jogo
Eu vejo a sede pelo din, no pote, sangue no olho
Imagina seu colchão lotado de dinheiro
Mas cê dorme com uma peça debaixo do travesseiro
Tudo tem reação, o jogo é traiçoeiro
Sobrevive na batalha quem atira primeiro
Julgado por Deus e ou carregado por seis
No caminho da glória eu derrubo um por vez
Só mais um da plebe derrubando os reis
Marionetes do império que o sistema fez
Dormindo com o perigo, acordando com o problema
Sua mente é um inimigo, será que vale a pena
Separe o joio do trigo, sua atitude te condena
Na visão eu investigo, dominando essa arena
Foco na missão, jogadores vêm e vão
Se eu tô no campo, vou fazer a diferença
Aqui é lei do cão, balas amortecem o chão
É muito mais difícil que cê pensa

Derrubo meus rivais, pé na porta e até mais
A sua mente é o maior inimigo
Tem fome, corre atrás
É patrão ou capataz
Pra levantar do tombo atitude é preciso

Cacife Clandestino - Letras

©2003 - 2018 - musicas.mus.br